Skip to content

PSICOPATA, VOCE CONHECE UM ?

August 6, 2009

Resultado da  novela da Gloria Perez ou quem sabe dos fatos  conturbados dos ultimos meses os topicos doencas psiquicas tem feito parte do meu dia-a-dia. Tenho lido bastante sobre o assunto e fico ligada nas narrativas esclarecedoras do psiquiatra da novela. Assuntos como esse sao esclarecedores e revelam o desconhecido que pode estar a nossa volta.

Aprendi que  psicopatas sao assim denominadas quando possuem caracteristicas que nao podem ser   particular.  Analisando o conjunto fica mais facil  identificarmos as Ivones(personagem ) por ai a fora.

A psicopatia está associada à personalidade e ao caráter do indivíduo, não é uma doença mental. O indivíduo pode apresentar uma doença mental, como a paranóia ou a esquizofrenia, associada à psicopatia.

Descobri o Blog Meu Namorado Psicopata, super interessante, chega a ser impressionante e bem esclarecedor. Aqui estao alguns textos do Blog mas nao deixe de visita-lo eh parada obrigatoria.

“Eles estão infiltrados em todos os meios sociais, credo, sexo, cultura e são capazes de passar por cima de qualquer pessoa apenas para satisfazer seus sórdidos interesses. Podemos dizer que são verdadeiros “predadores sociais”, almejam somente o poder, status e diversão e usam as pessoas apenas como troféus ou peças do seu jogo cruel.”

“os psicopatas sabem exatamente o que estão fazendo, que estão infringindo regras sociais, e que a vítima está sofrendo com suas atitudes maquiavélicas, imorais e antiéticas. Isso porque os psicopatas não apresentam problema algum de ordem cognitiva ou deficiência de raciocínio. A deficiência deles está no campo das emoções: aquilo que nos vincula afetivamente com o outro ou com todas as coisas do universo’.

“aparentam ser pessoas “do bem”, possuem grande poder de persuasão e habilidade para enganar quem quer que seja. Estão do lado de fora das grades, convivendo com todos nós, sem levantar suspeitas de quem realmente são.”

“São os verdadeiros atores da vida real. Mas ter cautela é sempre importante quando não se conhece alguém ainda muito bem. Checar seus hábitos, saber um pouco do seu passado, ficar atento ao joguinho “da pena”, “do coitadinho” (todos fazem isso num determinado momento). Eles são muito habilidosos em usar da nossa boa fé. Sem querer ser pessimista, somente realista, antes de reconhecer um psicopata precisamos entender que a maldade existe verdadeiramente. A nossa tendência é sempre achar que o outro não é tão ruim assim e que um dia ele vai mudar. Ao identificar um deles ou perceber que há algo de estranho no ar, alguns cuidados são importantes, mas o essencial é tomar distância absoluta e jamais compactuar com alguém dessa natureza”.

“Assim, fica claro que uma criança e um adolescente também apresentam condutas maldosas ou são genuinamente perversos. Isso se percebe nos maus tratos com os irmãos, coleguinhas e animais, nas mentiras recorrentes, roubos de pertences dos outros, transgressões de regras sociais, e especialmente na falta de afeto.”

“só há uma forma de lidar com um sociopata: tire ele de sua vida completamente! Blog Meu Namorado Psicopata

Uma materia da revista Epoca, fala sobre o assunto com maestria. ” um psicopata pode nao ser um serial killer mas faz estragos onde passa” ( Ricardo Oliveira) .

Adolescentes rebeldes, maridos que não param no emprego, mulheres permanentemente endividadas, jovens que não conseguem concluir nenhum curso. Há 15 anos, o consultório do neurologista carioca Ricardo de Oliveira Souza era a última esperança de famílias às voltas com ‘pessoas-problema’.

O médico conta que seus diagnósticos iniciais eram depressão, transtorno bipolar ou distúrbio de déficit de atenção. ‘Cheguei a dizer a uma mãe que o problema do filho dela era falta de limite’, arrepende-se. Infelizmente, o veredicto de muitos desses casos é bem mais complexo e deverá causar polêmica – como todas as descobertas relacionadas ao cérebro – a partir do momento em que for apresentado à comunidade científica durante a conferência Neurologia da Violência e da Agressão, de 10 a 12 de junho, no Rio de Janeiro.

Oliveira vai compartilhar com colegas do mundo todo os resultados preliminares de seus estudos sobre o mapeamento das emoções no cérebro, realizado em parceria com o neurorradiologista Jorge Moll Neto. O trabalho é inédito e foi mostrado a EPOCA com exclusividade.

Oliveira vai apresentar o conceito de ‘psicopata comunitário’, aquele indivíduo que pode não ser um serial killer, mas causa estrago por onde passa. ‘É gente que nunca foi presa, mas que tem muito em comum com os psicopatas mais perigosos, desde traços de comportamento até o funcionamento de circuitos cerebrais’, alerta.

Podem estar nessa categoria tipos como o malandro golpista 171, o sujeito que não tem emprego e vive de rolo, aquele que cultiva amizades por interesse e descarta as pessoas depois de obter o que deseja, o sujeito que vive de explorar a tia velhinha, o executivo inescrupuloso que desfalca a firma.

  • -Desembaraço/charme superficial ( nem sempre a pessoa tem charme mas acha que o tem)
    – Sentimentos insuflados de importância pessoal                                                                                         
    – Busca por estimulação/sensibilidade à monotonia
    – Mentira patológica
    – Manipulação e chantagem
    – Ausência de remorso ou culpa                                                                      Emoções superficiais
    – Ausência de empatia com os outros
    – Estilo de vida parasita
    – Controles comportamentais precários
    – Promiscuidade sexual
    – Problemas graves de comportamento na infância
    – Ausência de objetivos de longo prazo
    – Impulsividade
    – Irresponsabilidade
    – Incapacidade de se responsabilizar por suas ações
    – Casamentos/relacionamentos de curta duração
    – Delinqüência juvenil
    – Violação de condicional
    – Versatilidade criminal

Os Mandamentos do psicopata, visite  este blog.

One Comment leave one →
  1. Cris permalink
    August 6, 2009 1:58 am

    Muito bom esse tópico, mas assustador também. Um filme vai passando em minha mente e a câmera insiste em focalizar em alguns rostos. O bom é que podemos num segundo lançar mão do controle remoto e mudar o canal, que seja para sempre!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: