Skip to content

Pageturned e a Mola Hidatiforme. Busy Friday

April 18, 2009

A ultima sexta-feira foi agitada. Me senti a propria “mola”  partindo de um ponto estatico a outros moveis , de um bairro a outro  em um city-tur pela cidade maravilhosa. Tudo comecou com um telefonema da Dra. Beth Minelli . Foi mais uma dessas inexplicaveis acoes do Senhor, conversa vai conversa vem falei que estava ocorrendo nos ultimos dias, um sangramento, uma indisposicao basica…

Resultado: Comecei o dia na Santa Casa , parada obrigatoria , quase que diaria nessa minha nova trajetoria.Acompanhada pela Valeria depois de nos perdermos no mesmo local por mim anteriormente explorado, encontramos nos corredores frios, desertos, com fiacao aparente, odor…finalmente … um medico ! Mais uma vez  relatei todo meu caso e depois do mesmo dar uma olhada nos meus ultimos BHCG’s , o Dr. Renato me orientou a fazer uma nova ultra transvaginal, desta vez em uma escola de ultrasonografia no bairro do Catete.

Eu que havia estado acompanhada todo momento agora partia sozinha para o Catete. Cheguei a clinica por volta do meio-dia sem saber que ali eu ficaria por mais 4horas e meia. Meu nome foi chamado as 2 da tarde para o exame. O consultorio era uma mistura de sala de aula, meu utero era o experiemento. Nunca fui tao mexida , casa da mae Joana passou longe.Entrava um medico, saia outro ,entrava um aluno…mas o que me deixava ansiosa era que os professores, nao conseguiam definir o que encontravam dentro de mim, ao mesmo tempo eu me sentia aliviada quando afirmavam com veemencia por exclusao, o que nao poderia ser. So isso ja me fazia sentir um pouco melhor. Foi a ultrasonografia mais demorada que ja passei, 1 hora e 15 min numa exploracao acirrada, de fazer inveja a qualquer amante italiano. Depois de esperar mais 50min pelo resultado, meu nome desta vez muito bem pronunciado foi chamado. Diagnostico: Objeto nao identificado 22mmX23mm , que pelo historico seria uma parte da mola.

De volta ao City Tur, regressei a Santa Casa.  A determinacao que por mim estava sendo seguida a risca era que apos o exame voltasse ao hospital e procurasse o medico de plantao, que ligaria para o Dr. Renato na espera de um parecer. Tarefa cumprida, ali encontrei novamente Valeria, que depois de um dia cheio entre hospital e trabalho, ali estava, me acompanhando e dando uma de leao de chacara caso eu pretendesse fugir. Dessa vez nao nos perdemos. Chegando no corredor uma das gravidas que se encontravam na clinica de Botafogo estava la. Que coincidencia! Mola vai- mola vem!Conversamos como se fossemos colegas antigas, que ocasiao desconfortavel para unir as pessoas.Do outro lado uma senhora com uma barriga de uns 4 meses de gestacao, tambem esperava o medico.

Ao comecar o atendimento a minha “colega” sai direto para uma outra clinica, entra no consultorio improvisado a segunda senhora. Esta foi encaminhada para internacao direto para cirurgia. Ela parecia nao saber que sofria de gravidez molar, a emocao tomou conta de todas nos ali naquele momento.

Foi entao a minha vez. Apos examinar os resultados o medico pergunta: “_ A senhora comeu?” Eu sabia exatamente do que se tratava, respondi sem titubear: “_ Acabei de comer uma empada.” Meu olhar e o da Valeria se cruzaram, era transmissao de pensamento osmotica-visual. Segundo o medico eu teria 2 opcoes, ou me enternaria naquele momento, ou domingo para uma cirurgia. Obviamente respondi : “_ Domingo!” Volto no domingo Dr.”

Eu sabia que se ali ficasse , nao sairia. Essa era a unica certeza que eu tinha naquele momento!

Sai da Santa Casa as 6 da tarde e segui para o consultorio da Dra. Beth. Ainda na hora do rush , metro completamente lotado, fui levada pela multidao para dentro de um dos vagoes. Dolorida de tantos exames e dando gracas a Deus por existir esse meio de transporte ! Tudo sempre tem seu lado positivo. Uma mulher grita. Era um tarado que foi dignamente expulso do vagao. Mas…sera que se eu gritar o tarado atras de mim tambem sai fora???  Nao gritei e ele desceu na outra estacao.

Chegando na Dra.Beth fui orientada: ” _ Infelizmente, voce tem que fazer a cirurgia. ” A unica coisa que poderia protelar a cirurgia seria sangramento zero e baixa do HCG. Sem falar com o Dr. Belfort nao tomarei nenhuma decisao. Como disse minha prima Estelza, nao existe melhor momento para exercitar a fe, do que esse. Portanto , domingo minha presenca nao sera notada na Santa Casa.Acredito no poder da oracao. Espero o papa da mola dar o parecer.

No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: