Skip to content

A PERGUNTA FICA…ONDE FOI PARAR A NEGA DO CABELO DURO?

April 15, 2009

A vida continua e com ela a mudanca de champu, a escova progressiva , a chapinha…

Hoje fui dar uma melhorada no visual , sempre tem algo pra melhorar, as brasileiras como eu que o digam, BELEZA E FUNDAMENTAL!

Ja que o bumbum nao cresce e o cilicone ainda nao e tao necessario…a chapinha e fundamental.

Uma das coisas que mais me chamou atencao quando cheguei no Brasil,foram os cabelos das mulatas, mesticas como eu. Onde foram parar os cachos e as ondas?

Como a agua nos Estados Unidos acaba com o cabelo, pelo excesso de tratamento contido, recorri a minha SOS, Neia !

Neia e dona de uma salao bem aconchegante, ela trabalha com 4 irmas, e uma empresa familiar que crece a cada dia.Como e bom poder sentar descansada na cadeira de uma salao de cabelereiro sem aquele frio na barriga, quase diarreico, sem saber que pessoa levantara dali em algumas horas.

Toin oin on, Pe na cozinha, Corpo inteiro na cozinha… nunca mais! Pegeui a carona no site Guia dos Cabelos Lisos na tentativa de explicar pra voces cada uma das mil e umas escovas do momento, enjoy!

A velha e polêmica progressiva

Escovas de frutas, como maracujá, morango e frutas vermelhas utilizam alto teor de Vitamina C e são ricas em queratina, além de conterem extratos das frutas que dão o nome do produto. Garantem hidratação profunda e podem ser usadas em todos os tipos de cabelo, inclusive os que já passaram por química. “São ideais especialmente para os cabelos com ondas mais leves e para os arrepiados, porque, por conterem menos lipídios, não os deixam com um aspecto muito pesado”, explica a cabeleireira Brigitte Revollo, do salão Bigitte Fine Arts, no Rio.

Os cabelos são lavados com xampu anti-resíduo, que preparam o cabelo para receber a escova. A umidade dos fios é retirada na medida certa e ele recebe, então, um recondicionamento de queratina. Em seguida, é aplicada a máscara de fruta mecha por mecha. Após a aplicação, as cutículas dos fios são seladas com a prancha para manter o produto no cabelo. Aí, como de praxe, é preciso ficar três dias sem lavá-lo ou prendê-lo.

Já para os cabelos porosos, Brigitte recomenda as escovas mais encorpadas, que contêm proteínas e lipídios em maior quantidade – é o caso da escova de chocolate. Pois é, além de ser uma delícia para comer, o chocolate também é perfeito para as madeixas A escova hidrata, revitaliza, tira o volume e alisa os cabelos. O sucesso está na fórmula à base de queratina, tioglicolato de amônia, proteína da seda e substâncias naturais como o extrato de cacau e a cafeína, ricos em ácidos graxos que nutrem os fios. Mas o resultado depende dos tipos de cabelos. Nos muito crespos ou afros, a escova age domando os fios e definindo os cachos. Já os ondulados se tornam lisérrimos.

Se você for loira ou tiver os cabelos claros, também pode optar pela escova de chocolate branco. Como diferencial, ela traz a manteiga de cacau, que protege do frio e do sol. O processo, você já conhece: lavar para abrir as cutículas e aplicar a mousse de chocolate da raiz às pontas. Em seguida, chapinha mecha a mecha.

Preço médio das escovas: de R$ 100,00 a R$ 250,00.

Liso e com Brilho Incomparável

De ouro ou de cristal, essas escovas são as duas grandes novidades do mercado que prometem brilho inigualável a qualquer tipo de cabelo.

A escova de cristal é um lançamento da Matrix que consiste na aplicação de uma mistura de In Shine Clear, tonalizante transparente, com creme revelador.

Bastam 20 minutos nos cabelos e eles estão prontos para a próxima etapa: lavar. Depois de bem enxaguado, o último passo é escovar ou passar a prancha mecha a mecha.

Em 40 minutos os cabelos ficam perfeitamente lisos, brilhantes e você, prontinha para arrasar.

Vantagem: A escova de cristal pode ser aplicada em cabelos coloridos, com mechas ou virgens.

Se você prefere o ouro, tudo bem. Segundo a coordenadora técnica da Embelleze, Amélia Martins, vivemos a era das escovas, onde tudo – ou pelo menos quase tudo, é possível. Não e à toa que a Embelleze está trazendo ao mercado o Lisa Hair Gold, primeiro kit para escova de ouro, com o ativo tioglicolato.

“A escova contém, também, queratina hidrolisada e proteínas da seda, proporcionando, além do brilho inconfundível, a reestruturação dos fios e um efeito 100% liso. E um resultado único”, garante Amélia, afirmando ainda que os cabelos podem, ou não, passar pela prancha após a aplicação do produto. Mas ela recomenda: ‘A prancha, quando passada nos cabelos ainda úmidos, potencializa o alisamento. Depois, passando o neutralizador, que vem no kit da escova, você fixa o resultado, que dura de 90 a 120 dias”, garante Amélia Martins.

Preço médio das escovas: de R$ 300,00 a R$ 500,00.

Japonesa, francesa, alemã, marroquina… As escovas vêm dos quatro cantos do mundo, mas, no fundo, são todas irmãs. Para começar elas oferecem o mesmo resultado: alisamento e redução de volume. A diferença e que têm modo de ação e princípio ativo distintos.

A escova japonesa (alisamento japonês, recondicionamento térmico ou, ainda, escova definitiva) usa produtos à base de amônia e com efeito termoativo, alterando estrutura dos fios e redistribuindo a queratina de maneira uniforme mecha por mecha. E indicada apenas para quem tem cabelos lisos volumosos ou rebeldes e que quer domá-los para deixá-los super retos e com menos volume. Após a aplicação do produto, os fios vão sendo selados com a chapinha e o resultado é um visual esticadíssimo da raiz às pontas. Uma vantagem é que, alem de alisamento, a escova japonesa proporciona hidratação, porque também emprega queratina e colágeno.

A escova japonesa só sai com o crescimento da raiz. O efeito dura de quatro a seis meses, sendo necessário retocar, mas nem todos gostam do resultado que pode parecer artificial. Além disso, a técnica tem algumas restrições: além de não ser indicada para cabelos crespos, também é contra-indicada para cabelos descoloridos, com luzes, ou que passaram por relaxamento. Após a escova, o cabelo não pode ser lavado ou preso durantes três dias, pois pode ficar marcado ou mesmo romper.

Escova francesa e alemã é tudo a mesma coisa, só muda o país fabricante do produto e, conseqüentemente o nome da marca. Pode ser feita em todos os tipos de cabelo. “Mas eu diria que o resultado é 100% de qualidade num cabelo ondulado e sem tinta”, destaca a cabeleireira Jô Vasconcelos, do Club Capelli, no Rio, onde a escova é chamada de “francesa” mesmo. Ela é à base de amônia e queratina, mas pode conter outras substâncias, como silicones e extrato de arnica, camomila, castanha e jaborandi (já a escova holandesa utiliza o ácido tioglicólico). “A diferença é que a escova francesa não deixa aquele visual pranchado, como a japonesa. Ela usa, sim, a prancha mas mantém o movimento e o balanço dos cabelos enquanto promove o alinhamento dos fios. A aparência fica bem mais natural”, afirma Jô.

O tratamento proporciona, ainda, maciez e brilho. “Para quem tem cabelos mais sensibilizados, gosto de usar, em conjunto, o miracle sérum, que dá força e brilho”, acrescenta Jô. O efeito da escova dura de três a seis meses e você pode lavar as madeixas nos dias após a aplicação. “Só não recomendo prender, porque todo cabelo que é pranchado tem suas cutículas fechadas. Se você coloca grampo, presilha ou amarra, desestrutura essas cutículas que acabaram de ser assentadas”, explica Jô Vasconcelos.

Voltando ao Oriente além de alisar os fios crespos, a escova marroquina funciona como uma hidratação. Pode ser aplicada junto com outra química e não tem contra-indicação. o método de aplicação é praticamente o mesmo das outras escovas. O diferencial está na composição do produto: argila branca e óleo de cacau do Marrocos associados a bioativos especiais. A quantidade de formol é mínima (0,2%), regulamentada pela Anvisa. Os cabelos podem ser lavados e presos no mesmo dia e o resultado dura de três a sete meses.

Preço médio das escovas: de R$ 250,00 a R$ 2.000,00

 

Salada de frutas, mel, chocolate e menta

Escovas de frutas, como maracujá, morango e frutas vermelhas utilizam alto teor de Vitamina C e são ricas em queratina, além de conterem extratos das frutas que dão o nome do produto. Garantem hidratação profunda e podem ser usadas em todos os tipos de cabelo, inclusive os que já passaram por química. “São ideais especialmente para os cabelos com ondas mais leves e para os arrepiados, porque, por conterem menos lipídios, não os deixam com um aspecto muito pesado”, explica a cabeleireira Brigitte Revollo, do salão Bigitte Fine Arts, no Rio.

Os cabelos são lavados com xampu anti-resíduo, que preparam o cabelo para receber a escova. A umidade dos fios é retirada na medida certa e ele recebe, então, um recondicionamento de queratina. Em seguida, é aplicada a máscara de fruta mecha por mecha. Após a aplicação, as cutículas dos fios são seladas com a prancha para manter o produto no cabelo. Aí, como de praxe, é preciso ficar três dias sem lavá-lo ou prendê-lo.

Já para os cabelos porosos, Brigitte recomenda as escovas mais encorpadas, que contêm proteínas e lipídios em maior quantidade – é o caso da escova de chocolate. Pois é, além de ser uma delícia para comer, o chocolate também é perfeito para as madeixas A escova hidrata, revitaliza, tira o volume e alisa os cabelos. O sucesso está na fórmula à base de queratina, tioglicolato de amônia, proteína da seda e substâncias naturais como o extrato de cacau e a cafeína, ricos em ácidos graxos que nutrem os fios. Mas o resultado depende dos tipos de cabelos. Nos muito crespos ou afros, a escova age domando os fios e definindo os cachos. Já os ondulados se tornam lisérrimos.

Se você for loira ou tiver os cabelos claros, também pode optar pela escova de chocolate branco. Como diferencial, ela traz a manteiga de cacau, que protege do frio e do sol. O processo, você já conhece: lavar para abrir as cutículas e aplicar a mousse de chocolate da raiz às pontas. Em seguida, chapinha mecha a mecha.

Preço médio das escovas: de R$ 100,00 a R$ 250,00.


Onda orgânica

A base de tioglicolato de amônia, a escova orgânica (ou defrisagem) permite escolher cabelo que você quiser. “ Quer um cabelo muito liso? Você vai ter. Ou que tal o contrário, enrolado? Também é possível. Com a escova orgânica, pode-se controlar o tratamento dado aos cabelos. Por isso, é essencial conversar com o profissional antes para dizer exatamente o que você quer.

“E essa flexibilidade de poder levar o cabelo para onde você quiser que agrada as mulheres” diz o cabeleireiro Anysio Estevão, da Piú Bella Capelli, no Rio. O alisamento leva hidróxido de cálcio, que altera a estrutura interna dos fios, proteínas vegetais e animais e um ativo biológico a base de algas que amacia e hidrata. A duração da escova é de três meses, em média, devendo ser retocada.

De carona nessa onda, até o leite, fonte de cálcio do nosso dia-a-dia, entrou na corrida por cabelos lisos e hidratados’ A escova de leite alisa os fios gradativamente, sendo mais indicada para quem deseja a redução do volume da cabeleira. E ideal para cabelos ondulados e levemente cacheados. Mas quem tem muitos cachos e quiser tentar a técnica, então serão necessárias duas ou três aplicações até que se consiga o look liso. A única contra-edição diz respeito aos cabelos tingidos ou descoloridos – aí é preciso tomar cuidado e fazer um teste antes de aplicar o produto no cabelo inteiro.

A escova de leite contém proteínas, vitaminas e sais minerais presentes no leite, além do ativo manoetanolamina. Tudo isso para garantir a hidratação orgânica de qualidade dos fios, deixando-s lisos, macios e super brilhantes. O secador e a prancha são a cereja do bolo do processo.

Preço médio das escovas: de R$ 300,00 a R$ 400,00

O poder dos aminoácidos, óleos e da cana-de-açúcar

Com a escova de aminoácidos, você ganha conforto e praticidade. Os cabelos ficam fortalecidos, lisos, macios, brilhantes e podem ser lavados no mesmo dia da aplicação do produto. O segredo da escova à base de aminoácidos está no choque térmico. Após a aplicação do produto nos cabelos, vem a chapinha e, logo em seguida, os cabelos são lavados com água bem gelada. Para finalizar, é só secar. A escova dura, em média, dois meses e não tem contra-indicação.

A escova de óleos essenciais conta com nove tipos de óleos – coco, semente de girassol, amendoim, rícino, jojoba, sésamo, extrato de aloe Vera, amêndoa doce e babosa, além de queratina. O produto e aplicado da raiz às pontas e tira o volume dos cabelos, além de repor a umidade dos fios crespos e ondulados, que ganham cachos e ondas definidos. Os cabelos podem ser lavados no dia seguinte e o resultado te acompanha por três meses, em média.

Já a cana-de-açúcar é outro presente da natureza. Além de dar o delicioso caldinho de cana, tem forte poder alisante. A escova, enriquecida com aminoácidos da cana e contendo substâncias como a queratina e polímeros de silicone, também repara os fios danificados, potencializando o efeito alisante. Dura, em média, três meses. Para reaver o resultado, e só retocar.

Preço médio das escovas: de R$ 100,00 a R$ 600,00

Inteligente Higiênica – Escova anti-louras

A escova inteligente é, na verdade, higiênica. Na contramão de outras escovas que nos proíbem de lavar as madeixas, esta permite a lavagem no mesmo dia do procedimento. Um alívio para a sensação de cabelos sujos e para a vontade de sair de casa. Sim, porque ir ao shopping ou mesmo a academia com cabelos que não são lavados há três dias é complicado.

É um tratamento de nutrição intensa, ideal para todos os tipos de cabelo e muito bom para os danificados, porque reestrutura os fios. O produto penetra na cutícula do cabelo, deixando os fios sedosos e brilhantes.

A escova inteligente pode ser feita em qualquer tipo de cabelo. Seu princípio ativo é o tioglicolato de amônia, mas ela contém, também, queratina hidrolisada e, em algumas fórmulas, formol. O conjunto da obra alisa, hidrata e dá brilho aos fios, mas fique atenta a certificação do produto pela Anvisa. Dependendo da textura dos fios de cabelo, o retoque e mensal ou bimestral. Quanto menos encaracolado os fios, maior a durabilidade.

Preço médio das escovas: de R$ 200,00 a R$ 1.000,00

Escova Floral

Seguindo o mesmo procedimento da escova inteligente, a Piú Bella Capelli, no Rio, desenvolveu a Power-liss, a base de polímeros de flores. “É a nossa escova desenvolvida para a primavera”, diz o cabeleireiro Anysio Estevão. O modo de aplicação, efeito e tempo de duração é o mesmo da escova inteligente.

Na linha floral de escovas, tem também a escova de orquídea, com extrato da flor, aminoácidos, proteínas, vitamina E, bambu, pantenol, extrato de cashmere e, e claro, uma fragrância maravilhosa. “É um tratamento de nutrição intensa, ideal para todos os tipos de cabelo e muito bom para os danificados, porque reestrutura os fios. O produto penetra na cutícula do cabelo deixando os fios sedosos e brilhantes”, garante a cabeleireira Jo Vasconcelos, do Club Capelli. “Junto com o creme uso queratina hidrolisada e duas ampolas: uma de precious oil e outra de heat and fusion. Elas ajudam na restauração dos fios, deixando-os maleáveis. Depois vem a chapinha, com a mistura ainda no cabelo.

Terminado o processo, a cliente deve ficar um ou dois dias sem lavar os cabelos, para preservar o resultado’, explica Jo. A escova pode ser feita de 15 em 15 dias.

Preço médio das escovas: de R$ 200,00 a R$ 1.000,00

Luz e calor nos cabelos

A escova catiônica, termo-ativada, alisa e hidrata. “É uma escova que, ao mesmo tempo, trata os cabelos, como se fosse uma cauterização” explica Thiago Soares, cabeleireiro do Cat’s Hair, em São Paulo.

O tratamento reduz o volume da cabeleira através de uma combinação de óleo de macadâmia, cera de candelila e refinadores catiônicos que nutrem, hidratam, controlam e disciplinam o Frizz dos cabelos, unindo os fios rebeldes.

A escova dura de 30 a 45 dias, podendo ser retocada. Custa, em media, R$150,00.

Mas se você quer um liso mais definitivo, então aposte no Photon Hair, a escova de luz que pode ser feita em qualquer tipo de cabelo. “E uma espécie de chapinha que emite uma luz chamada LED, que, a propósito, muitos, confundem com o laser. Ela ajuda o produto alisante – um kit de queratina e aminoácidos – a penetrar nas cutículas do cabelo, recondicionando os fios e alisando-os”, esclarece Jo Vasconcelos, do Club Capelli. Como o procedimento mexe com a estrutura dos fios, é preciso ficar sem lavar a cabeça durante três dias, mas vale a pena – o resultado, você carrega nas madeixas por até um ano.

A escova Photon Hair custa, em média, de R$ 700,00 a R$ 1.500,00.

No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: